0
 
DIGITO
DIGITO
  PESQUISA  

12 Dez 2002 por Armindo Silva  
Ariane 5-ESCA explode após lançamento

O maior foguetão já construído na Europa, o Ariane 5-ESCA, explodiu três minutos após o seu lançamento da Guiana Francesa, destruindo a sua carga de dois satélites.

 

Relacionados Relacionados

Rússia não coloca satélite europeu em órbita

Ariane 5 preparado para o lançamento

Spot 5: satélite de observação francês

Japão falha testes com satélite

Astra-1K despenha-se no Oceano Pacífico


Mailing-list Assinatura grátis

 Indique o seu e-mail:
 

Publicidade

DIGITO Formação Digito Formação

Introdução à Internet 8 Fev 2003

A Ligação à Internet 8 Fev 2003

Como Configurar o Setup do PC 8 Fev 2003

Introdução ao ASP 9 Fev 2003

 

 

O Ariane 5-ESCA, o maior foguetão construído na Europa pela Arianespace, que teve seu lançamento adiado do passado dia 28 de Novembro para ontem, explodiu no seu voo inaugural três minutos após o lançamento.

Além disso, a explosão do Ariane 5 levou a destruição de dois satélites que ira colocar em órbita, avaliados em cerca de 600 milhões de euros.

Segundo o que foi publicado pela BBC, fontes próximas do local de lançamento, Kourou na Guiana Francesa, revelaram que a explosão deve ter sido causada por uma falha no motor principal conhecido como Vulcain-2.

De acordo com a informação, depois dos dois boosters de combustível sólido terem se separado do estágio principal, a pressão do combustível líquido que entra na câmara de combustão do Vulcain-2 foi menor do que a esperada.

Um dos efeitos que justificaria a possibilidade desta falha foi o comportamento do foguetão pouco tempo após o lançamento, uma vez que não estava a ganhar a altitude nem a velocidade devida.

A explosão do Ariane 5 já está a causar preocupações nos responsáveis pela missão espacial europeia Rosetta, cuja sonda espacial tem seu lançamento marcado para o próximo dia 12 de Janeiro com um Ariane 5.

O objectivo da missão Rosetta é aterrar na superfície do cometa Wirtanen, numa viagem que deverá demorar cerca de oito anos. Mas para que este encontro seja bem sucedido, o lançamento da Rosetta deverá ser realizado dentro dos próximos 20 dias, caso contrário terão de redireccionar a sonda para outro cometa.


 

Tecnologia Tecnologia

Empresa americana quer impedir australianos de aceder à Internet

Mitsubishi anuncia gravadores de DVD a 16X para 2004


Software Software

Falha de segurança no Internet Explorer expõe dados do Clipboard

Sony e Matsushita optam pelo Linux em aparelhos electrónicos


Jogos Jogos

Add-on para Star Trek Starfleet Command III

Xbox sobe o volume de vendas este Natal


Ciência Ciência

Agência Espacial Europeia adia missão Rosetta

China: sucesso no quarto lançamento espacial


E-business E-business

Philips compra fabricante de chips wireless

Gateway/Pressplay: PCs comercializados com 2.000 músicas


Telecomunicações Telecomunicações

Acesso wireless pode ser limitado nos Estados Unidos

Mais de 200 milhões de utilizadores de telemóveis na China